Mensagem de Natal do Frei Paulo

Queridos (as) irmãos (as), tivermos em mês de novembro 3 momentos marcantes:

1) O ¨Fechamento da Porta Santa¨ a nível de Forania, o celebrante principal foi Frei Daniel, Padre Pedro que é responsável pela nossa Forania, juntamente com os frades e vários Diáconos de R. Queimado, St. Amaro concelebraram com o povo de Deus esse momento tão marcante;

2) A Igreja particular da Arquidiocese de Florianópolis celebrou dignamente essa Ação de Graças com o encerramento do Ano da Misericórdia, no Estádio Orlando Scarpelli;

3) A Assembléia Paroquial Celebrativa ocorrida no dia 05, revelou a todos a unidade entre as 18 comunidades, momento forte entre nós que revelou o rosto da nossa paróquia;
Mais uma vez somos convidados a nos aproximarmos do menino do presépio. Mais uma vez, vamos celebrar O Natal: Festa da proximidade de Deus. Sim! Em Jesus, Deus se torna próximo de nós. Mais que isso, se faz um de nós. É Ele o “Deus conosco”, o “Emanuel”.

Santo Agostinho enfatiza: “O verbo se fez carne. Deus se fez criança, e uma criança que não consegue, nem sequer falar! A palavra Eterna assume nossa fragilidade, assume nossa pobreza”… É estranho pensar que o Senhor da vida, o criador, tenha-se feito criatura… aquele que tudo pode, torna-se extremamente dependente, a ponto de como tantos em nosso mundo, não ser acolhido pelos seus semelhantes.

No Natal, segundo a cultura consumista, somos ensinados a olhar para o céu esperando um velhinho gordo vir de trenó e descer pelas chaminés para deixar seus presentes. Mas, as escrituras nos convidam a olharmos para a terra. É aí, na pobreza de um estábulo que recebemos um presente maravilhoso, que a nenhum outro se iguá-la. Diz o anjo aos pastores: “E isto vos servirá de sinal: Encontrareis um recém nascido envolto em faixas”…

presepio-natal

O Natal tem o cheiro da nossa humanidade, tem frio da noite, tem o brilho das estrelas, o calor dos animais, tem a simplicidade dos pastores e também o amor-serviço de Maria e José. Ah! E para os corações sensíveis, tem o cantar dos anjos desejando paz na Terra, aos homens de boa vontade!

Estamos realizando a restauração de todo o complexo do prédio ao lado da Igreja (Restaurante e salão), queremos pedir sua colaboração, entre em contato conosco e veja como pode ajudar. Desde já agradeço, ¨não deixem os frades sonharem sozinhos, vamos sonhar juntos e já será uma realidade entre nós¨.

Enfim, contemplando o presépio, nos arriscamos a dizer que a Festa do Natal é realmente a nossa festa. A encarnação, fala não só da grandiosidade do amor de Deus, mas também, do quanto somos preciosos para Ele. Fala-nos, que nunca devemos deixar de valorizar a nossa humanidade, por mais que as sombras de nossas fraquezas, obscureçam o nosso valor. Carregamos um tesouro em vasos de barro… E o Senhor nos procura, justamente, no coração o tesouro de sermos seus filhos e filhas amados… resgatados pela cruz e atraídos por um singelo menino, deitado nas palhas de uma manjedoura.

Se compreendermos tudo isso… aí sim, teremos um Feliz Natal! FREIPAULO
Frei Paulo Cézar Magalhães Borges, OFM

Pároco

Share