3 dicas de como planejar para evangelizar

3 dicas de como planejar para evangelizar

Saiba como planejar, preparar e executar um evento com algumas dicas essenciais

Criar e planejar um bom evento não é tarefa fácil. Exige empenho, dedicação e atenção com os detalhes e desejos do cliente, mas essa é também uma ótima forma de aproximar pessoas que possam se interessar pelo produto ou serviço que você oferece e um eficaz meio de evangelização. Afinal, é por meio dos eventos que desenvolvemos, que as pessoas podem conhecer melhor e mais de perto o nosso Carisma e a mensagem que desejamos transmitir.Pensando nisso, e em como ajudar a Missão de Santo André a organizar e planejar melhor os seus eventos, convidamos a professora de Marketing e Eventos do Senac, Valdívia Oliveira, a dar algumas dicas para nós entre os dias 8 a 10 de setembro, na Mitra Diocesana em Santo André.

De acordo com Valdívia, “quem deseja atuar na área de eventos deve buscar formação sobre o tema e além disso ter algumas competências essenciais tais como: dinamismo, energia, disposição física e mental, criatividade, capacidade de lidar e trabalhar sobre pressão, lidar com conflitos, trabalhar em equipe, ter foco e senso de organização.”

Quer aprender também como se planejar e se organizar melhor para seus futuros eventos? Selecionamos três dicas especiais para te ajudar. Confira:

Planeje seu evento

Nessa fase é importante que você tenha a definição clara dos objetivos.  Saiba quem é o público-alvo (idade, gênero, escolaridade), local de realização, data, programação, alimentos e bebidas, serviços a serem oferecidos. Tenha em mente também o valor que você terá disponível para organizar o evento, conhecido também como budget, ele vai te ajudar a evitar imprevistos e saber o que pode ser oferecido ao seu público. Basicamente, você ajuda o cliente a deixar de sonhar muito alto e ter metas mais concretas e próximas daquilo que ele pode realizar.

Crie um cronograma

A professora dá a dica: “A organização e realização de um evento exige a definição clara de objetivos e planejamento das ações necessárias para que esse objetivo seja alcançado.” Portanto, é importante se programar bem! Crie um cronograma de ações com prazos pré-estabelecidos para o desenvolvimento dessas atividades, faça um check list, ele irá te ajudar a manter o registro de cada passo até o dia do evento em si.

Foque no resultado e escolha bem os seus parceiros

Desde a concepção do projeto até a execução do evento, deve-se focar no resultado e no retorno que o cliente espera. Seu foco é a evangelização? Trace estratégias, atividades que atraiam o seu público e que despertem a atenção e interesse para a mensagem que você quer divulgar. Lembre-se, talvez a pessoa que for até o seu evento pense que irá encontrar um “ mais do mesmo”, venha com uma imagem preconcebida em sua mente, e se mostre até mesmo um pouco resistente para viver a experiência que você e sua equipe desejam proporcionar. Mas se essa mesma ideia for apresentada de uma maneira atrativa e inovadora para ela, ela poderá deixar suas pré-impressões de lado e dar uma chance para ouvir com calma e muito mais atenção aquilo que você tem para falar.

Busque boas parcerias, patrocinadores e fornecedores que acreditam num mesmo ideal que você e vão te ajudar a concretizar os teus planos. Encontrar bons patrocinadores para o seu evento pode ser a melhor saída para conseguir o capital necessário para investir na estrutura, contratação de artistas e em todas as áreas da organização.

*Redação, Jéssica Maia

Fonte: comshalom

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *